Um decreto coletivo com restrição de circulação de pessoas pelas ruas foi proposto para que 29 cidades do Sul de Minas evitem a regressão à onda roxa do Minas Consciente. A medida foi idealizada em reunião realizada na sexta-feira entre a Superintendência Regional de Saúde de Alfenas e a Associação de Municípios da Baixa Mogiana (Amog).

Uma das medidas propostas é a de restrição de circulação de pessoas pelas vias dos municípios das 22h de um dia até as 5h do outro nos municípios. Outra imposição é a de proibição de realização de eventos festivos e confraternizações em locais públicos e privados.

O consumo de bebidas alcoólicas em vias públicas e em pé dentro dos estabelecimentos comerciais também ficam suspensos, conforme a proposta. Em relação a bares, lanchonetes e restaurantes, o decreto coletivo prevê o funcionamento até as 22h.

Todas as imposições sugeridas no decreto coletivo foram idealizadas para vigorar por 15 dias.

Regional de Saúde e Amog

O decreto coletivo proposto na reunião é indicado para as 29 cidades que fazem parte da Regional de Saúde de Alfenas e/ou que compõem a Amog. Há municípios que compõem a associação e também fazem parte da regional. (G1 EPTV).