Proposta de criação de Parlamento Regional

Na última sexta-feira a Câmara de Poços realizou um encontro para discutir a criação de um Parlamento Regional de municípios do sul e sudoeste de Minas Gerais. A proposta foi apresentada pelo presidente da Casa, vereador Carlos Roberto de Oliveira Costa (PSC), que pontuou como objetivo principal da iniciativa a integração entre as cidades e, consequentemente, o desenvolvimento de toda a região.

Participaram do evento presidentes de Câmaras e vereadores de 15 municípios: Guaxupé, Caldas, Campestre, Botelhos, Machado, Varginha, Bocaina de Minas, Natércia, Olímpio Noronha, Poço Fundo, Córrego do Bom Jesus, Divisa Nova, São João Batista do Glória, Senador José Bento e Itamogi. O encontro contou também com a presença do vice-prefeito Flávio Faria, de vereadores de Águas da Prata (SP) e São Sebastião da Grama (SP) e de representantes do Parlamento Regional do Aglomerado Urbano da Mogiana. DelloroBilatto Serafim, atual presidente, e Luiz Alberto Teixeira Ferreira, idealizador, falaram sobre o processo de criação do Parlamento que reúne cidades do leste paulista, bem como sobre os pontos positivos e ações desenvolvidas ao longo dos anos.

Durante a reunião, os parlamentares receberam das Assessorias Técnica Legislativa e Jurídica da Câmara de Poços minutas de um projeto de lei e de um regimento interno para análise, encaminhamento de sugestões e, posteriormente, aprovação em cada município. Os presidentes dos Legislativos da região, ainda no encontro, assinaram, em caráter simbólico, um Protocolo de Intenções para constituição do Parlamento da Mantiqueira, nome proposto pelo presidente Carlos Roberto.

A criação de um Parlamento Regional vem sendo analisada, segundo o vereador Carlos Roberto, desde a visita feita por vereadores de Poços ao Parlamento da Mogiana. Para ele, a finalidade é somar esforços e trabalhar pelo desenvolvimento da região do sul e sudoeste de Minas. “Tivemos esse primeiro encontro e a resposta foi muito positiva. Contamos com a presença de vários presidentes e de vereadores, além de outras autoridades, e quero destacar a presença dos representantes do Parlamento da Mogiana, que vieram apoiar essa iniciativa, visto que possuem uma grande experiência. Foi o primeiro Parlamento fundado no Estado de São Paulo, que hoje conta com 36 Parlamentos”, ressalta.

Fechar Menu