Projeto Vida leva a palavra de Deus para hospital

As manhãs de terça já se tornaram tradicionalmente especiais na Santa Casa. Isso porque é o dia que a turma do Projeto Vida passa por todas as alas do Hospital levando música e louvor para os pacientes. As apresentações sempre terminam na Unacon, onde os louvores e a palavra de Deus levam esperança para os pacientes oncológicos.

O pastor Nildo de Freitas Junior explica que o Projeto Vida está em Poços há apenas 5 anos, conta com uma sede pequena no Centro, na Rua Expedicionários, mas  já realiza um forte trabalho social.

“Fazemos parte do grupo de cuidados paliativos da Santa Casa. Todas as terças-feiras nós estamos aqui no Hospital. Os membros da igreja crêem que a igreja tem que cumprir o papel que está na bíblia e a bíblia diz que nós somos abençoados para abençoar. A igreja não foi chamada apenas para receber bênçãos, a igreja foi chamada para abençoar as pessoas. Jesus disse: ‘como eu posso te servir Senhor? A água que você deu para quem tem sede, quando você for visitar um enfermo, quando você deu comida para quem tem fome”. A fé sem obras é morta, como disse Tiago. Então, nós vivemos isso de verdade, porque a palavra de Deus fala. Estamos muito felizes com o que Deus tem nos dado, às portas que Ele tem nos aberto”, explica o pastor.

O pastor Nildo conta ainda que eles realizam um trabalho há  quase 2 anos no Centro Comunitário Imaculada, perto da PUC. “Todos os sábado atendemos mais de 20 famílias. Lá nós temos aulas de inglês, de violão, de teatro, culinária, informática, contação de história para os pequenininhos, que as mães não têm onde deixar. Lá nós fazemos um trabalho social, nós atendemos com cesta básica, o almoço que é feito na aula de culinária é servido para a comunidade. A Prefeituratem nos dado um apoio muito grande e estamos realizando esse trabalho”, completa o pastor.

Um dos músicos do Projeto Vida é Ernani Fernandes, que é músico há mais de 28 anos e ficou bastante conhecido em Poços pelo seu trabalho na banda Jack Levada. Em um certo momento da vida, Ernani precisou de ajuda para sair do vício das drogas, chegou a ficar com depressão e encontrou alívio quando começou a louvar a Deus e a buscar a palavra.

“Quando eu percebi que buscar a Deus me ajudou, percebi o quanto era importante poder levar isso as pessoas. Aí começamos esse projeto, começamos a fazer um trabalho em clínicas de dependentes químicos. Como eu passei por esse problema, resolvi levar meu testemunho e levar o meu louvor para essas pessoas. Independente daquilo que você crê é importante fazer o bem. É um sentimento muito bom. Temos visto muitos testemunhos de pessoas que estão sendo curadas e pessoas que são renovadas, crêem nisso, apostam e colocam seus corações nisso. Quando você faz o bem o bem retorna para você”, declara Ernani. (Rafael Santos)

Fechar Menu