Projeto proíbe capina química

Está em análise nas comissões permanentes da Câmara Municipal, um projeto de lei de autoria do vereador Paulo Tadeu, que altera o Código de Posturas Municipais, proibindo a utilização de capina química por parte dos órgãos governamentais. Embora este tipo de capina ainda esteja sendo utilizado em vários municípios, ela oferece riscos à população pela utilização de produtos químicos em áreas densamente povoadas, como são as áreas urbanas.

Em 2010 a Anvisa proibiu de vez a capina química em área urbana com a publicação de uma Nota Técnica informando que não há nenhum produto no mercado, registrado e ou autorizado para ser utilizado como herbicida (controle de ervas daninhas) ou de pragas em áreas urbanas, no território brasileiro.

Fechar Menu