Portal de Notícias e Web Rádio – CNPJ 44.219.101/0001-23

A vereadora Luzia Martins (PDT) tem acompanhado, desde o início do ano, a situação dos pacientes que chegam pela madrugada para atendimento na UNACON (Unidade de Atendimento de Alta Complexidade em Oncologia). Em fevereiro desse ano, ela e os vereadores Sílvio Assis (MDB), DineyLenon (PT) e Roberto Santos (Republicanos) fizeram uma primeira visita ao local e, em março, estiveram no Hospital da Santa Casa para discutir propostas de melhorias para esses pacientes, através de um convite da instituição. Recentemente, a parlamentar se reuniu com o enfermeiro responsável pelo setor Guilherme Tavares e com a arquiteta do hospital Natália Siqueira, que apresentaram as mudanças já realizadas e o projeto de criação de parklets.

Segundo Luzia, a preocupação dos vereadores, desde o primeiro momento, não diz respeito ao atendimento do setor de oncologia, mas com a segurança dos pacientes, visto que a maioria chega ao local por volta de quatro horas da manhã. “A partir da primeira visita, demos início à uma série de discussões para que esses pacientes não ficassem expostos pela madrugada esperando a unidade começar o atendimento. Foi um diálogo muito respeitoso e receptivo com a Santa Casa, trocamos ideias e eles propuseram algumas iniciativas de orientação à população referente ao horário, divulgando o que era necessário ou não, alertando que não era preciso chegar muito cedo, pois ninguém ficaria sem atendimento”, conta.

Além de cartazes colocados em alguns pontos da Unidade, recomendando aos pacientes que cheguem com 30 minutos de antecedência e reforçando que não procurem o serviço antes do horário de funcionamento do setor, foram distribuídos aos pacientes cartões anexados aos pedidos de consulta também com essas informações. Além disso, a UNACON realizou uma pesquisa para saber o motivo das pessoas chegarem horas antes do atendimento, o que demandava a espera em filas do lado de fora do prédio.

Com relação aos parklets, projeto já apresentado ao Executivo, o objetivo é proporcionar aos pacientes espaços de convivência de qualidade para que possam tomar o café oferecido pelo setor, aguardar as consultas em local seguro e ventilado e até mesmo fazer outras refeições, pois pacientes de outros municípios acabam trazendo suas marmitas de casa. Durante a reunião, foi falado sobre a importância das parcerias com empresas da cidade para execução da obra.

Luzia Martins destaca a importância das medidas e parabeniza a Santa Casa pela maneira como vem tratando essa questão e, consequentemente, os pacientes. “Esse espaço será muito importante para que os pacientes tenham um abrigo, se protegendo do frio, sol e chuva. Estamos nos empenhando para possíveis parcerias e acredito que todos juntos poderemos mudar essa situação”, finaliza a legisladora.