Projeto deve retornar ao legislativo

Segundo informação do líder do governo Antonio Carlos Pereira, o projeto que autoriza o Departamento Municipal de Agua e Esgoto (DMAE), que foi retirado de pauta pelo chefe do executivo devido ao risco de ser rejeitado, deve retornar à Câmara e desta feita aprovado sem nenhuma dificuldade.

A polêmica se deu apenas por uma questão de ciúmes de dois vereadores da base pelo fato de o líder ter conquistado antes os votos dos vereadores de oposição. Como os dois vereadores venceram a parada, agora o projeto deve retornar e ser aprovado inclusive com os votos dos dois rebeldes, ficando claro que a disputa na primeira tentativa foi rejeitada por questão pessoal.

Isso no entanto, não significa que as divergências na bancada tenham chegado ao fim.

Fechar Menu