Portal de Notícias e Web Rádio 

Os fiscais do Procon percorreram, nesta quinta-feira (09), todos os postos de combustíveis da cidade, promovendo a coleta dos preços ofertados, no intuito de proibir a elevação injustificada dos preços em razão da paralisação dos caminhoneiros.

Na oportunidade, os estabelecimentos foram notificados a apresentarem, no prazo de 48 horas, as notas fiscais de compra dos combustíveis, a fim de se obter um comparativo do lucro auferido, uma vez que o PROCON promove, mensalmente, o acompanhamento dos preços praticados em toda a cidade.

Caso seja constatado o aumento injustificado e abusivo do preço, os estabelecimentos serão autuados.

Os consumidores também podem ajudar a fiscalização, promovendo denúncias através do aplicativo E-ouve.