Problemas com a justiça

Não é apenas o ex-prefeito petista, Eloisio do Carmo Lourenço, que anda respondendo processo na justiça por conta de uma contratação considerada irregular, no caso do escritório da Projeta Engenharia, contratada sem o devido processo licitatório e que valeu uma condenação ao ex-prefeito em primeira instância.

Seu colega Agnaldo Perugini, também do PT e prefeito na mesma época em Pouso Alegre, também está enrolado com o Judiciário e o Tribunal de Contas por irregularidade administrativa. Pesa contra ele acusação de desvio de recursos da área de saúde para a empresa Plenax, contratada para serviços de manutenção e capina.

A irregularidade foi levantada pelo Departamento Nacional de Auditoria do Sistema Único de Saúde (SUS), que acusa o ex-prefeito de no período de 2014 a 2016 ter desviado de verba destinada a saúde no valor de R$ 3,5 milhões.

Fechar Menu