Após muita pressão, inclusive com uma Nota de Repúdio, assinada por três partidos politicos e distribuída na tarde de ontem, o executivo municipal decidiu aderir ao consórcio formado pela Confederação Nacional de Prefeitos, para a compra de vacinas contra o Covid-19.

Ao tomar conhecimento da nota de repúdio o prefeito Sérgio Azevedo encaminhou mensagem para a Câmara solicitando autorização para o município fazer a sua adesão. Mais cedo vereadores de oposição também já tinham apresentado requerimento com o mesmo objetivo.