Presos e isolados

Após serem transferidos para presídios do Distrito Federal, três acusados de invadir celulares de autoridades vão ficar em celas isoladas. Detidos desde o dia 23 de julho, quando foi deflagrada a Operação Spoofing, os suspeitos permanecerão presos por tempo indeterminado. Segundo a Secretaria de Segurança Pública do DF, por medida de segurança, eles “ficarão separados da massa carcerária, em celas separadas e sem contato entre eles”.

Fechar Menu