Presidente rompe tradição diplomática

O presidente Jair Bolsonaro orou no local mais sagrado do judaísmo em Jerusalém ao lado de Benjamin Netanyahu, na primeira visita de um chefe de Estado ao Muro das Lamentações na companhia de um premier de Israel. Bolsonaro indicou que a transferência da embaixada deve ocorrer até o fim do mandato.

Fechar Menu