Presidente admite mudanças na reforma

Após o presidente Bolsonaro afirmar que a idade mínima de aposentadoria das mulheres pode cair para 60 anos, em vez dos 62 previstos na proposta enviada ao Congresso, analistas e parlamentares avaliam que o recuo precoce sinaliza, para grupos de pressão, que mais concessões poderão ser obtidas durante o debate no Parlamento. O presidente disse ainda que as regras para o benefício de prestação continuada (BPC) podem ser menos duras e que os novos parâmetros para pensão por morte podem ser flexibilizados. (O Globo)

Fechar Menu