O diretor do DMAE, Paulinho Courominas, disse que existe uma preocupação muito grande com a qualidade da água, mesmo com as dificuldades diante da queda de arrecadação. Segundo o diretor, tivemos um período de estiagem, mas foram feitas manobras, com interrupção do abastecimento em determinados horários, diferente de outros municípios em que mais de 5 mil cidades tiveram que adotar o rodízio.

Em Poços, disse o diretor, que foi mantida a captação até do volume morto na Represa Saturnino de Brito para evitar o desabastecimento. No entanto, Corominas alertou que existe sim uma preocupação porque o volume de água acumulado com as chuvas está muito abaixo do esperado. Para ele é preciso um consumo consciente para evitar a falta de água no futuro. “Hoje estamos tratando, temos água, mas existe uma preocupação muito grande, porque estamos no final do período das chuvas e até outubro não há perspectiva de chuvas. O consumo consciente é fundamental”, avisou o diretor do DMAE.