No fim de semana o secretário de Saúde, Carlos Mosconi, manifestou, mais uma vez, sua preocupação a chegada de variantes da covid em Poços. “A situação é muito preocupante porque está tendo um aumento fora do previsto, inimaginável”, lamentou Mosconi. Informou que só na última quinta-feira foram 300 consultas no Hospital de Campanha, que é um número que nunca chegamos perto. “São muitos os contaminados, chegamos a 100% da ocupação dos nossos leitos. O Hospital Poços de Caldas aumentou o número de leitos, a Unimed também, estamos criando leitos no Margarita Morales, estamos procurando dotar a cidade com condições de atender esta demanda maior, mas não está fácil, porque além de atender a cidade temos que atender a região, que está tendo um aumento também de contaminações”, lamentou o secretário.

Mosconi disse que o que se está vendo no Hospital de Campanha e em vários lugares são famílias inteiras contaminadas. “Uma pessoa contaminada, que aglomerou lá fora, trouxe o vírus para a família”, explicou o secretário. Na avaliação dele não temos como prever qual será a reação do governo de Minas e não temos como fechar uma cidade e deixar as outras da região abertas.