Prejuízo para os estados

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, insiste na centralização de serviços da área de mobilidade e agora comprará uma briga com os governadores, que poderão perder mais receitas. Ao retomar para si os processos de emissão da Carteira Nacional de Habilitação, dos Certificados de Registro e do Licenciamento Anual – conforme projeto entregue ao Congresso pelo presidente Jair Bolsonaro -, a União vai retirar dos estados mais de R$ 1 bilhão de arrecadação desses serviços prestados no Detran.

Fechar Menu