Ao usar a tribuna ontem o presidente da Câmara, Marcelo Heitor, manifestou sua preocupação com a falta de transporte público no sábado e domingo, conforme determina as novas medidas restritivas de combate ao coronavírus. “Alguns profissionais, mesmo que seja trabalhando em caráter de urgência como hospitais, postos de combustíveis, farmácias, entre outros, utilizam o transporte público. Temos um tempo hábil que dá para rever este posicionamento e mesmo que seja de uma forma um pouco mais reduzida a população pode ficar sem transporte público nos finais de semana”, defendeu o vereador.

Felizmente, após sua fala na tribuna prevaleceu o bom senso com o prefeito Sérgio Azevedo encaminhando ao presidente da Câmara mensagem comunicando que a medida será revista e o transporte coletivo não será interrompido nos finais de semana, como previa a mais recente resolução endurecendo as medidas de combate ao coronavirus.