A Câmara de Poços realizou, na última sexta-feira (10), a Plenária Municipal do Parlamento Jovem de Minas 2021. O evento foi marcado pela votação das propostas elaboradas pelos estudantes sobre o tema Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável. Carlos Gabriel Gonçalves de Oliveira, do Colégio CEPOC, foi escolhido coordenador do encontro e Marcos Henrique Dias de Carvalho, da Escola Estadual Edmundo Cardillo, atuou como relator.

A Plenária contou com a presença do presidente da Casa vereador Marcelo Heitor (PSC), da presidente da Comissão de Meio Ambiente Regina Cioffi (PP), do vice-presidente do Conselho Consultivo da Escola do Legislativo vereador Lucas Arruda (Rede), dos vereadores Luzia Martins (PDT) e Tiago Braz (Rede), e do diretor do Departamento Municipal de Meio Ambiente Joelmar Lucas de Andrade. Alunos do PJ da cidade de Botelhos também prestigiaram a cerimônia.

Durante todo o ano de 2021, os alunos participaram de oficinas de formação política, temáticas e preparatórias para a elaboração das propostas sobre o tema principal. Durante a Plenária, foram aprovadas 15 sugestões que serão encaminhadas aos vereadores para os devidos encaminhamentos, entre elas a que trata da instalação de ecobarreiras ao longo dos percursos hídricos e aumento da zona de proteção de matas ciliares. Dessas 15, seis farão parte do documento-base da etapa regional do projeto. Uma delas é a que propõe a substituição parcial de sacolas plásticas por modelos de materiais renováveis e biodegradáveis, sendo proibido, a partir de 2025, o comércio desses produtos compostos de polietilenos ou similares. Os estabelecimentos deverão, em compras acima de 20 unidades, sugerir a substituição de sacolas plásticas pelas retornáveis.

Tais Ferreira, diretora da Escola do Legislativo e coordenadora do PJ, destacou os resultados positivos da Plenária. “Esse é um momento de colher os frutos do PJ e acolher as ideias trazidas pelos estudantes. Tenho certeza que as 15 propostas que foram aprovadas serão muito bem recebidas pelos vereadores de Poços, que farão os encaminhamentos necessários para viabilizá-las”, comentou.

A coordenadora Taís Ferreira também falou sobre as expectativas para a próxima fase. “É uma enorme satisfação sediar a Plenária Regional de 2021. No início do ano, foi feito um trabalho conjunto entre os coordenadores para mobilizar outros municípios a participarem do PJ, o que resultou no crescimento do nosso Polo. Passamos de 04 para 11 cidades e, hoje, somos o maior Polo do projeto e com o maior número de participantes”, afirmou.