Planos B, C e D…

Sérgio Azevedo não comenta o assunto, nem mesmo com os mais chegados, mas uma fonte que trabalhou com ele por muitos anos e conhece seu modo de pensar garante que ele só sairá candidato à reeleição se as chances de vitória forem concretas. Se as pesquisas indicarem que  corre risco de derrota ele já tem na cabeça alguns nomes para substituí-lo na disputa: pela ordem, dependendo de avaliação pré-campanha, Thiago Biagioni, Antonio Carlos Pereira, Cicero Machado de Morais e Celso Donato. O vice, Flávio Faria, está descartado.

Fechar Menu