PF pode investigar candidaturas laranjas

O caso das candidaturas de fachada do PSL em Pernambuco está em vias de levar à abertura de um inquérito da Polícia Federal, informa o Valor, para apurar como o dinheiro público do Fundo Partidário foi aplicado pelo partido nas eleições. A investigação já foi autorizada pelo Tribunal Regional Eleitoral do Estado. Neste ano, seu partido vai manusear R$ 110 milhões do Fundo Partidário, diz a publicação.

Fechar Menu