PF indicia 4 candidatas do PSL

A PF indiciou quatro candidatas do PSL de Minas nas eleições de 2018, suspeitas de integrar um esquema de campanhas de laranjas para desviar verba pública. A Folha revelou o caso em fevereiro. Também foram indiciados um assessor e dois ex-auxiliares de Álvaro Antônio (Turismo), que dirigia o PSL mineiro. Sob prisão temporária, eles foram soltos ontem. (Folha)

Fechar Menu