“Pés no chão”

Empossado na manhã desta sexta-feira o novo presidente do Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG), Sérgio Gusmão Suchodolski, afirmou que pretende gerir a instituição buscando a disciplina dos gastos e os investimentos eficientes, sempre com os pés no chão.

Mestre em Direito por Harvard, o advogado tem passagens como gestor em entidades relevantes como o New Development Bank, o banco do BRICS, em Xangai, na China, e já chefiou o Gabinete da presidência do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Fechar Menu