Pegou mal…

A direção nacional do PSDB redigiu um código de ética para os filiados do partido, deixando de fora o senador Aécio Neves, envolvido em uma série de processos onde é acusado de corrupção. Segundo os dirigentes da legenda, a punição ao senador, só será feita se ele vier a ser condenado pelo Supremo Tribunal Federal.

Para lembrar, no mês passado o diretório local, presidido pelo secretário de governo, Celso Donato, redigiu e encaminhou ofício ao presidente do partido, pedindo a imediata desfiliação do senador mineiro e a sua expulsão do partido. Como já era esperado, o ofício deve ter ido direto para a cesta de lixo, mas o senador, com certeza foi avisado da atitude do diretório poços-caldense.

Fechar Menu