Partidos enfraquecidos

Se por um lado alguns partidos estão se fortalecendo, como o DEM que busca ampliar sua área de atuação na política local, e o PSC que acaba de conquistar a presidência da Câmara, outros partidos, como o MDB e o Rede Sustentabilidade estão caminhando para trás. Nada pior, porém, que o Partido dos Trabalhadores (PT) que foi o grande derrotado nas eleições, tendo boa parte das suas lideranças acusadas de corrupção. Além do desastroso e irresponsável governo de Fernando Pimentel, que quebrou o estado.

Em Poços o partido vive da experiência e matreirice política do ex-prefeito e vereador Paulo Tadeu que tem atraído a atenção em plenário, nem tanto pela sua inteligência e capacidade de oratória, mas sim, pela incompetência, inexperiência e até omissão dos adversários.

O problema é que na eleição municipal de 2020, estarão proibidas as coligações proporcionais e neste caso, cada partido terá que alcançar sozinho o quociente eleitoral. É aí que mora o perigo, o PT deve encontrar dificuldade para eleger um vereador, assim como o PTB, Rede, MDB e outros que encolheram e terão dificuldades para formar chapa com candidatos com bom potencial de votos.

Fechar Menu