Ana Alice disse que a administração municipal possui 18 secretários e que alguns ocupantes de cargos comissionados não conseguiram tirar férias no período aquisitivo 2019/2020 e no final da gestão foram indenizados. “Se eu não me engano foram os que saíram em abril para ser candidatos e no final de 2020 deve ter ficado uns 3 secretários, eu não me recordo agora especificamente o número. Acho que esta informação foi solicitada oficialmente e nós respondemos”, afirmou.

Sobre a justificativa para não terem tirado as férias quando deveriam, Ana Alice disse que em 2020 entramos em uma pandemia e que este foi um grande impeditivo. “A pandemia dificultou quem estava com férias marcadas, quem estava com viagem marcada não pode realizar. Fomos envolvidos em resolver as situações de um momento em que o mundo inteiro estava passando por uma pandemia e isso foi um impeditivo grave para que as pessoas não tirassem férias”, justificou.

Ela explicou ainda que não estava dizendo que os secretários tinham viagens programadas, mas que normalmente quando se tira férias, se viaja e isto aconteceu com ela.  Sobre se há alguma orientação para o primeiro escalão quanto ao acúmulo de férias, a secretária garantiu que a orientação é para todos, mas não uma imposição.