Orçamento para 2020

O prefeito, Sérgio Azevedo, mais os secretários da Fazenda, Alexandre Lino e Tiago Cavelagna, do Planejamento, cumprindo oque dispõe a legislação vigente, estão comunicando a realização de audiência pública para exposição da Lei Orçamentária Anual, referente ao exercício de 2020, último ano desta administração. A exposição será no teatro do Complexo Cultural da Urca, no próximo dia 13, sexta-feira, a partir das 16 horas.

Uma boa oportunidade para as pessoas interessadas saber qual a previsão da receita e despesa para o encerramento desta gestão que tem o engenheiro civil Sérgio Azevedo e o professor Flávio Faria, como prefeito e vice, respectivamente.

 

Mapa do turismo

Mesmo sem ter feito absolutamente nada nos últimos anos que possa justificar a mudança, Poços de Caldas subiu na qualificação feita pelo Ministério do Turismo, passando da categoria B para a categoria A.

O único fato positivo foi o aumento da nossa capacidade hoteleira que cresceu com a inauguração de novos hotéis e o consequente aumento do número de leitos disponibilizados para os visitantes. No mais perdemos eventos tradicionais que faziam parte do calendário turístico e os nossos pontos de passeio continuam sem manutenção adequada, inclusive com a Casa de Chá do Recanto Japonês, destruída por incêndio criminoso.

Embora as Thermas Antonio Carlos tenham sido reformadas, o balneário, segundo o presidente da Codemge, acumula prejuízo anual de R$ 6 milhões e só servem mesmo é para “dar banho no paulista”.

Estranhamente, no mapa do turismo Poços de Caldas está inserida no chamado “Caminhos Gerais”, mesmo não tendo nada a ver com o circuito das cidades históricas,quando na verdade deveria sim estar incluída no Circuito das Águas, mais adequado pela história e pelas características da cidade.

 

“Sérgio Lira e os Velhinhos da Santa Ceia”

O jornalista Odair Camillo lança nessa quarta-feira, dia 4 de setembro, às 19h, na Associação Atlética Caldense, o livro “Sérgio Lira e os velhinhos da “Santa Ceia”, uma homenagem a Sérgio Alvisi (Lira), 85 anos bem vividos, e também aos amigos da Terceira Idade que diariamente se reúnem no café e lanchonete Pão de Mel para bater papo e comentar os acontecimentos do dia a dia. O livro, que tem capa, diagramação e tratamento de fotos assinados por Lucas Pagliuso, recebeu apoio cultural do Brand-News, Unimed Poços, A. A. Caldense e participantes da “Santa Ceia”.

 

Correção

A nota publicada no blog de ontem com o título “No Fundo do Poço”, saiu com parte da redação truncada, deixando a impressão que a atual administração recebeu R4 400 milhões do DME, quando na verdade, esta soma se deve aos R$ 200 milhões transferidos na gestão do prefeito Eloisio Lourenço, mais R$ 120 milhões nesta administração. O total de R$ 400 milhões, tudo indica, deve ser alcançado em 2020, no final deste governo.

Por sinal, o comando do executivo já articula, como única saída para manter o pagamento da folha de pessoal em dia, até o final do ano, uma engenharia contábil para permitir a transferência das empresas de energia elétrica de mais R$ 40 milhões para os cofres do município, além dos dividendos.

Fechar Menu