Portal de Notícias e Web Rádio 

O vereador Silvio de Assis disse na sessão da Câmara que trabalhadores na área de turismo, não tiveram ajuda do governo municipal durante a pandemia e agora foram surpreendidos com a determinação de deixar os pontos turísticos em pleno mês de dezembro.

Afirmou que o aconteceu com os charretistas é o mesmo que está acontecendo com estes trabalhadores nos pontos de passeio e também com os proprietários dos trailers.

“Há pessoas dos trailers que estão ali há 43 anos. Criaram seus filhos e seus netos. 43 anos é quase a idade do prefeito, que eu respeito, mas não respeito a sua atitude de não chamar antes as pessoas para conversar”, lamentou.

Silvio afirmou que é preciso atenção para “saber o que querem fazer do nosso turismo”, que no domingo esteve com algumas pessoas de Amparo, Serra Negra, Águas de Lindóia e Lindóia que afirmaram que se passarem a cobrar caro em Poços, elas somem e vão para outros destinos turísticos.

“Parece que estão querendo fazer o turismo da nossa cidade só para pessoas de alto padrão”, afirmou.