Onde falta pão…

A falta de dinheiro e o corte de gastos anda deixando a equipe de governo com os nervos à flor da pele. Nesta fase de calamidade financeira e ameaça de cortes em cargos de livre nomeação, todos querem mostrar serviço e não aceitam cortes de recursos em suas respectivas secretarias.

Quem leva a pior porque é obrigado a fazer o papel de mau é o secretário da Fazenda, Alexandre Lino, a quem cabe liberar os recursos, assim como Ana Alice, a Secretária de Administração, que mantém rédea curta nas horas extras e novas compras e contratações.

Foi esse o motivo que levou o vice-prefeito Flávio Faria, bastante alterado na semana passada, a se dirigir até gabinete do chefe do executivo acompanhado da Secretária de Educação, Flávia Vivaldi, que momentos antes teve um entrevero com o colega da Fazenda.

Para acalmar os nervos e buscar solução do problema, o prefeito colocou os três secretários frente a frente em busca de um consenso. Acabaram encontrando solução para as divergências.

É aquele velho ditado, onde falta pão, todo mundo grita e ninguém tem razão.

Fechar Menu