Os alunos do Parlamento Jovem de Minas – Polo Sudoeste participaram de mais duas oficinas de formação temática. Na última semana, eles discutiram o subtema Práticas Sustentáveis e Desenvolvimento Econômico, com as engenheiras ambientais Desireé das Graças Silva Ferreira e Thatyane Barbosa. Nesta segunda-feira (07), o assunto foi Proteção da Biodiversidade, com a bióloga Ângela Liberali, da Fundação Jardim Botânico de Poços de Caldas.

Desireé e Thatyane atuam na área de Consultoria Ambiental na cidade de Passos, município que faz parte do Polo Sudoeste. Elas abordaram, durante a oficina, a responsabilidade empresarial, destacando que é preciso informar os pequenos produtores rurais sobre licenças ambientais e conscientizá-los da importância do manejo correto do solo e de como isso pode refletir no aumento da sua produtividade. Elas também falaram sobre a Política de Resíduos Sólidos e de como essa questão tem afetado municípios que ainda não fizeram as adaptações necessárias.

O trabalho da Fundação Jardim Botânico foi apresentado pela bióloga Ângela Liberali, que falou de todas as frentes de atuação da entidade. “Foi uma abordagem técnica sobre as ações do Jardim Botânico em prol do meio ambiente. Falei com eles sobre todas as frentes em que a gente atua, tanto nos fragmentos de mata, quanto nos campos de altitude. Discutimos as ações antrópicas que temos que propor medidas que recuperem e preservem essas áreas. Também sobre as espécies endêmicas e ameaçadas que temos. Os alunos perguntaram bastante, foi um troca muito produtiva”, comentou.

A coordenadora regional do Parlamento Jovem e diretora da Escola do Legislativo de Poços, Tais Ferreira, ressaltou que as oficinas de formação temática permitem aos alunos estudar o tema e ter contato com especialistas da área. “Esse estudo proporciona ao participante do PJ um embasamento para a elaboração das propostas que serão votadas na Plenária. Em virtude das restrições no município, as atividades continuam remotas e a Plenária municipal foi adiada para o mês de Julho”, contou.

O tema do PJ este ano é Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente, dividido em três subtemas: 1) Mudanças Climáticas e Proteção da Biodiversidade; 2) Práticas Sustentáveis e Desenvolvimento Econômico; 3) Recursos Hídricos e Saneamento Básico. Depois das oficinas temáticas, os alunos participam da Plenária Municipal, quando apresentam, discutem e votam propostas sobre o tema principal. As proposições são enviadas aos vereadores, que fazem os encaminhamentos necessários.

Polo Sudoeste

Neste ano, Poços de Caldas passou a ser sede regional do Polo Sudoeste, formado pelas cidades de Albertina, Alpinópolis, Botelhos, Cabo Verde, Carmo do Rio Claro, Guaranésia, Guaxupé, Itaú de Minas, Juruaia, Muzambinho e Passos. Oito escolas de Poços participam do projeto em 2021: Escola Profissional Dom Bosco, Escola Estadual Dr. Edmundo Gouvêa Cardillo, IFSULDEMINAS – campus Poços de Caldas, Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio, Colégio Nini Mourão, Colégio CEPOC, Escola Estadual Professora Cleusa LovatoCaliari e Colégio Objetivo.

O Parlamento Jovem de Minas é um projeto de formação política e educação legislativa, desenvolvido pela Assembleia Legislativa de Minas Gerais e PUC Minas, em parceria com Câmaras Municipais. Além de despertar nos jovens o interesse pelo exercício da democracia, o programa possibilita o conhecimento do processo legislativo, bem como a vivência em situações de debates e exposição de opiniões. A Câmara de Poços participa do projeto desde 2009.