Portal de Notícias e Web Rádio 

O fim de semana demandou a atenção imediata dos órgãos de segurança da cidade. Do vandalismo em patrimônio público a infrações de trânsito incomuns, os agentes da Guarda Civil Municipal (GCM) e do Departamento Municipal de Trânsito (Demutran) tiveram trabalho para garantir a ordem e a segurança dos cidadãos.

Na manhã de sábado, a Central de Operações da GCM foi alertada sobre um ato de vandalismo em andamento na praça Elisiário Junqueira, conhecida popularmente como “Fonte do Leãozinho”. Segundo a denúncia, uma mulher estava causando danos aos bancos do local. Uma equipe da GCM foi rapidamente deslocada para o local e confirmou a veracidade da denúncia, encontrando um dos bancos danificados.

A autora dos danos, uma mulher de 37 anos, moradora em situação de rua, foi abordada pelos agentes. Diante da constatação do crime de dano ao patrimônio, ela recebeu voz de prisão e foi encaminhada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e, posteriormente, à delegacia para as providências legais cabíveis.

Já na manhã de domingo, 25, o Demutran realizou uma abordagem durante patrulhamento pela Rua Maracanã, no bairro Dom Bosco. Agentes flagraram um adolescente de apenas 12 anos ao volante de um Camaro, com seu pai ocupando o banco do passageiro. Ao serem questionados, o pai do menor admitiu ter permitido que o filho conduzisse o veículo. Foi constatado, além disso, que o pai estava com a carteira de habilitação vencida, estando, portanto, impossibilitado de dirigir.

O Demutran aplicou as medidas administrativas previstas no Código de Trânsito Brasileiro diante da situação. O veículo estava com a documentação regular, ele foi liberado para a mãe do adolescente, que possuía habilitação válida para condução.