11 gols em 9 jogos, sendo dois hat-tricks. Média de 1,22 gol por partida. Até aqui na Série D 2021, foram 708 minutos em campo, ou seja, um gol a cada 64 minutos. Esses são os expressivos números de Gabriel Santos, atacante da Caldense, que é o artilheiro não só da competição, mas o maior artilheiro entre todas as divisões do Campeonato Brasileiro.

Na Série A,os artilheiros são Gilberto do Bahia, Matheus Peixoto do Juventude e Bruno Henrique do Flamengo, todos com 7 gols entre 12 e 14 rodadas disputadas. Na Série B, Edu do Brusque balançou as redes 9 vezes em 15 rodadas. E na Série C, Manoel do Altos e Diego do Ypiranga anotaram 6 gols cada ao longo de 10 jogos. Em números, Gabriel supera todos eles.

Além disso, Gabriel Santos está perto de alcançar outro grande feito: entrar na lista dos 20 maiores artilheiros da história profissional da Veterana. Atualmente Jota Lopes e Rubinho dividem a vigésima posição com 13 gols. Com pelo menos cinco jogos pela frente na Série D deste ano, caso mantenha a média de gols, Gabriel caminha para entrar no ranking de goleadores alviverdes ainda esta temporada e inclusive pode até sonhar com posições mais altas, já que está apenas com 22 anos.