Novo recorde

Com novo recorde no número de pessoas que não trabalham ou trabalham menos do que gostariam, pesquisa do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) divulgada ontem mostra que a situação do mercado ainda está longe da recuperação. São 28,4 milhões de pessoas —o equivalente a 24,9% dos brasileiros em idade produtiva— que estavam sem emprego ou trabalhando menos do que gostariam no trimestre encerrado em abril. É o maior número da série histórica da Pnad Contínua (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios), iniciada em 2012. (Folha)

Fechar Menu