Nova tecnologia

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, que sempre defendeu a inteligência aliada a equipamentos high tech para combate à criminalidade, quando juiz federal na operação Lava Jato, não perdeu a oportunidade de concretizar o projeto no Governo de Jair Bolsonaro. Fontes indicam que a visita à sede da CIA, a agência de espionagem americana, vai garantir às autoridades de investigação no Brasil acesso a equipamentos de última geração para uso em interceptações contra suspeitos (sob autorização judicial, claro). Testemunhas contam que, em algumas reuniões, o então deputado Eduardo Cunha, além de desligar o celular, também retirava a bateria do aparelho. E pedia o mesmo a todos. A CIA sabe. Agora, o ministro Moro também.

Fechar Menu