No Conselho

Ninguém entendeu uma “nota oficial” assinada pela presidente do Conselho de Consumidores do DME, Arleni Mareca, e publicada com exclusividade em uma página do facebook que faz oposição ao prefeito. A nota critica e joga a culpa pelo reajuste de 22% nas contas de energia nos ombros do prefeito Sérgio Azevedo.

A moça estava cotada, com méritos por sinal, para assumir uma das vagas no Conselho de Administração do Grupo DME. Ainda não se sabe se a “nota” atrapalhou a nomeação.

Fechar Menu