No Conselho de Ética

A arruaça promovida pela senadora Kátia Abreu na sessão preparatória do Senado para a eleição do seu presidente, surrupiando documentos da Mesa Diretora, poderá render abertura de processo no conselho de ética, por quebra de decoro, se depender de senadores ainda inconformados com a presepada. Também a tentativa de fraudar a eleição será objeto de investigação no Senado, como já antecipamos. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

Fechar Menu