Nem tudo vai mal…

Uma boa notícia para aqueles que trabalham ou gostam de ouvir rádio. Uma pesquisa feita pela Deloite Global, empresa de auditoria e consultoria, prevê que as pessoas tendem a passar mais tempo ouvindo rádio do que assistindo televisão até 2025. Ainda segundo o estudo, a receita global de rádio chegará a R$ 40 bilhões em 2019, um aumento de 1% em relação a 2018. Além disso, a Deloite prevê que o alcance semanal do rádio permanecerá quase universal, abrangendo mais de 85% da população adulta no mundo desenvolvido. Quase 3 bilhões de pessoas no mundo todo ouvirão rádio, atratividade que deverá passar a ser cada vez mais considerada por agências e anunciantes.

Fechar Menu