Não entende…

Ontem, no Café Sete Quedas, dois corretores de imóveis diziam não entender o que se passa na cabeça do Secretário da Fazenda que continuou insistindo na cobrança do ITBI pelo valor de mercado dos imóveis, mesmo estando a Instrução Normativa, que alterou os cálculos para essa cobrança, anulado pela Câmara Municipal.

– Ora bolas, dizia um deles. Se os vereadores, por unanimidade (leia-se com apoio da bancada do prefeito), anularam a Instrução Normativa, como é que o Secretário da Fazenda insistiu na cobrança? – disse um deles.

– Não foi à toa que o juiz Rubens Caputo nem se deu ao trabalho de julgar o mérito da ação impetrada contra a cobrança. Percebeu de cara, que estava tudo irregular – respondeu o outro.

Fechar Menu