Nada a reclamar

Tudo bem que o público já não é mais o classe A ou B, mas o movimento que se vê nas ruas, nas lanchonetes, lojas e restaurantes, indica que o segmento que vive do turismo não tem muito a reclamar desta temporada de férias.

Apesar da crise, a cidade continua sendo um dos destinos turísticos preferidos pelos turistas e o movimento poderia ser ainda maior se a prefeitura, como em administrações passadas, em parceria com o sindicato dos hotéis tivesse feito propaganda da cidade nas cidades do interior paulista, região de origem da maioria dos visitantes.

Fechar Menu