Mudanças podem acontecer

O retorno do prefeito Sérgio Azevedo, que tirou uma semana de folga para descansar com a esposa nas praias do nordeste, está sendo aguardado com uma certa expectativa pela equipe de governo do primeiro escalão. Isso porque antes de sair de viagem o chefe do executivo se reuniu com todos os ocupantes de cargos de destaque no governo e deu demonstração de que não anda muito satisfeito com o desempenho de alguns elementos da equipe.

Foi um sinal de que a reforma administrativa, que vem sendo estudada por uma comissão nomeada por ele deve mesmo ser colocada em prática e se isso acontecer alguns secretários terão que deixar os cargos abrindo caminho para uma reformulação que vai desde a fusão de algumas secretarias até demissão de secretários com o cargo permanecendo vago, tudo em nome da necessidade de redução de gastos tendo em vista a crise financeira por que passa a prefeitura.

Uma das principais exigências dos ocupantes de cargos de primeiro escalão é a necessidade de dedicação em tempo integral, o que impede o titular da pasta de exercer outra atividade que possa impedi-lo do exercício do cargo durante o dia todo e sempre que necessário também à noite e nos finais de semana.

Na mesma reunião, o chefe do executivo também confirmou para os demais secretários, o desligamento da equipe do titular de cultura, Hudson Vilas Boas, uma das pastas que pode voltar a condição de subordinada a área da Educação.

Fechar Menu