Mudança na privatização dos pontos turísticos

No mesmo programa o chefe do executivo informou que o projeto de privatização dos pontos de passeio que está tramitando na Câmara Municipal sofreu alteração e as parcerias com a iniciativa privada não serão mais individuais, mas sim em bloco.

Segundo declaração do prefeito, como um ponto de passeio pode ser mais rentável que outro, a intenção e licitá-los todos juntos e que já existe uma grande empresa que explora este tipo de privatização em diversas cidades interessada no processo, citou entre elas, a de Campos do Jordão.

O prefeito adiantou que esta empresa já fez contato com a administração e se mostrou interessada em assumir todos os pontos de passeio e também o teleférico. O equipamento, informou o prefeito, passará por uma completa remodelação, incluindo troca de cabines, alteração nas estações e tudo mais.

Na visão do chefe do executivo, o turismo moderno exige isso, que os pontos de passeio sejam privatizados para que possam ser melhorados e dar lucro, retirando a responsabilidade do poder público que não consegue administrar e manter os locais de passeio em boas condições para atrair turistas.

Quanto ao Monotrilho, o prefeito disse que conversou com os responsáveis pela concessão e deu a eles uma última oportunidade. Se não for encontrada uma saída, não restará alternativa a não ser o desmonte do equipamento.

Fechar Menu