A coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Juliana Loro, informou que qualquer pessoa que seja atendida em uma unidade de saúde e que testou positivo para Covid, passa a fazer parte de um cadastro e é monitorada. A vigilância concentra todas as notificações, baixa o campo de dados diariamente e encaminha o pessoal da atenção básica para realizar o monitoramento direto com as pessoas.

“É muito importante que por onde esta pessoa passou seja notificado, que os dados sejam informados de forma correta para informar o pessoalda atenção básica”, explicou.  A diretora dos programas de saúde, Elaine Cristina de Souza, disse que a Vigilância Epidemiológica é quem encaminha uma relação com as pessoas com suspeita de covid ou com teste positivo para a doença, que é direcionado para as unidades de saúde, a quem cabe permanecer em contato com os contaminados e com quem ela manteve algum relacionamento.

“Estamos sempre ligando e disponibilizamos um número de WhatsApp para que as equipes consigam entrar em contato mais facilmente. É muito importante neste momento que a pessoa que está com o caso confirmado ou com suspeita, que se isole, porque dependemos muito da conscientização de cada uma delas para que evitar a disseminação do vírus”, esclareceu.