A semana da vereadora Regina Cioffi na Câmara Municipal de Vereadores de Poços de Caldas contou com uma importante moção de apelo, dois requerimentos e uma indicação.

A moção de apelo com a assinatura de outros dez vereadores ao Presidente do Senado Rodrigo Pacheco, requer atenção especial ao PL 2564/20 acerca do piso salarial da Enfermagem. A grande disparidade nos salários pagos à enfermagem é notório em relação a outros profissionais de saúde, obrigando à jornadas duplas e até triplas de trabalho com sobrecarga e carga horária excessiva. A moção chama a atenção para que esses profissionais consigam o sonhado e merecido piso salarial definido.

Ainda nesta terça-feira a vereadora Regina recebeu em seu gabinete o delegado do Conselho Regional de Enfermagem de Minas Gerais que já foi presidente do COREN/MG, Marcos Rubio. A visita foi em agradecimento pelo apoio à enfermagem. Dra. Regina aproveitou para reiterar que sempre apoiou a classe e lembrou que quando era diretora do Hospital Santa Casa, algumas vezes brigou com os médicos em favor da enfermagem. “Eu acho que é uma categoria esquecida em termos de políticas de governo federal, em relação a carga horária trabalhada, ao próprio piso”, afirmou.

Dois requerimentos também foram apresentados essa semana. O primeiro, um pedido de informações sobre a vacinação dos servidores dos Serviços Públicos. Dados importantes foram requeridos, como um levantamento na Secretaria Municipal de Serviços Públicos para elencar quais servidores foram vacinados conforma o PNI (Plano Nacional de Imunização), a possibilidade de priorizar os servidores que ainda não foram contemplados pelo PNI e também a quantidade de servidores que foram infectados pelo coronavírus desde o início da pandemia.

Já uma indicação apresentada à Secretaria Municipal de Projetos e Obras Públicas requer a implantação de lama asfáltica na Rua Inocêncio Tamburi, no Parque Esperança.

Na segunda-feira a convite da TV Poços, Regina participou de uma live no instagram da emissora. Em pauta, o projeto de autoria da vereadora, já sancionado pelo Prefeito Sérgio Azevedo, que estabelece as atividades de educação infantil e fundamental como atividades essenciais em períodos de calamidades públicas decorrentes de crises sanitárias em Poços de Caldas. Com previsão inicial de 30 minutos, a live teve quase 60 minutos com muitos comentários e grande repercussão.