Nesta semana, os vereadores DineyLenon (PT) e Regina Cioffi (PP) se reuniram com representantes de mães de crianças e adolescentes que fazem tratamento contínuo de diabetes pelo SUS. O objetivo foi discutir a necessidade de aquisição, pela Prefeitura, de sensores e aparelhos digitais para medição de glicose. O encontro contou com a presença do vice-prefeito Júlio César de Freitas e dos vereadores Kleber Silva (Novo) e Luzia Martins (PDT).

Regina e Diney são autores do Anteprojeto de Lei n. 11/2021, já encaminhado ao Executivo, que autoriza o município a conceder o equipamento às crianças e adolescentes dos 04 aos 17 anos. A proposta estabelece que o benefício será restrito aos pacientes de baixa renda, cadastrados junto à Secretaria Municipal de Saúde, após triagem socioeconômica.

Segundo os parlamentares, já foi feito um contato com o prefeito Sérgio Azevedo, que se mostrou bastante sensível ao problema e demonstrou interesse em acatar o Anteprojeto. “A reunião que tivemos com as mães faz parte da ação junto ao Executivo para que o município adquira o aparelho Libre. Atualmente, os diabéticos tipo I realizam diversos testes durante o dia, através do exame da glicemia capilar, que é feito com picadas nos dedos para colher sangue. Assim, diante de toda situação que envolve esse tipo de exame em crianças, em especial com relação a dores e desconfortos, as mães solicitaram apoio para a compra do equipamento e convidamos o vice-prefeito para a reunião. Já estive também com o chefe do Executivo, que teve sensibilidade em dizer que fará um levantamento para analisar a viabilidade de acatar a proposta”, afirmou Regina Cioffi.

A vereadora pontuou que, hoje, há 36 crianças com diabetes cadastradas na Secretaria de Saúde. “É preciso, inclusive, rever esse cadastro e o município estudar a forma de comprar o aparelho Libre. Trata-se de uma inovação tecnológica que facilita e melhora muito a vida de quem convive com diabetes, principalmente crianças e adolescentes. Além de dispensar as inúmeras picadas incômodas durante o dia, traz resultados mais completos sobre a trajetória dos níveis de açúcar e faz com que o controle seja efetivo”, disse.

De acordo com o vereador DineyLenon, essa mobilização é muito importante. “Foi uma solicitação das famílias das crianças, que em um primeiro momento me procuraram e convidei a vereadora Regina para discutirmos uma solução. Decidimos pela elaboração de um Anteprojeto, o prefeito já sinalizou apoio, boa vontade e interesse na iniciativa e o vice também se colocou à disposição”.

O legislador comentou que outros assuntos também foram levantados durante a reunião. “Foram abordadas algumas questões das condições atuais do tratamento de diabetes em Poços. A vereadora Luzia falou da importância das famílias se mobilizarem através da Associação de Diabéticos e se disponibilizou a contribuir. O vereador Kleber se dispôs a buscar apoio junto ao Governo do Estado para atender às demandas das famílias. Foram encaminhamentos muito positivos”, declarou.

O Anteprojeto de Lei enviado ao prefeito está disponível para consulta no Portal da Câmara, em Proposições.