Portal de Notícias e Web Rádio 

A Santa Casa de Poços de Caldas recebeu no início da madrugada desta segunda-feira, 23, cinco vítimas do grave acidente entre um Chevrolet Astra e um Fiat Línea ocorrido na BR-459 entre Poços de Caldas e Caldas-MG, que deixou quatro vítimas fatais.

Na manhã desta segunda, quem encontrou a médica do Pronto Socorro da Santa Casa, Dra. Cibele Spina, viu a imagem de uma profissional de saúde que passou toda a madrugada lutando para salvar vidas. Visivelmente emocionada com a situação, Dra. Cibele agradeceu muito ao apoio de toda a equipe do Pronto Socorro no atendimento das vítimas dessa tragédia.

“Felizmente a gente tinha espaço para atender todas essas vítimas. Nós tivemos uma equipe extremamente coesa, sincrônica. Eu fiquei até emocionada de ver a sincronia da equipe, a capacidade de atuação da equipe de Enfermagem, da Recepção, pessoal da Higienização, os médicos, todos os colaboradores. E através dessa junção de forças o atendimento aconteceu sem intercorrências, graças a Deus. Quero agradecer em especial aos enfermeiros Tiago e Day, aos técnicos Gervásio, Vera, Luis Tomásio e Luis Fernando, o Pedro, da recepção, os médicos Dr. Álvaro, Dr. André, Dra. Bia, Dr. Luis Maurício e Dr José Elias, além de toda equipe da Fisioterapia”, agradece a Dra. Cibele.

A Dra. Cibele destaca ainda a importância da estrutura do Pronto Socorro estar preparada para um momento difícil como esse.

“Felizmente no momento do acidente nós tínhamos vagas no Pronto Socorro para atender todas as vítimas. A gente tinha se organizado para receber as nove vítimas, não esperávamos que outras vítimas morressem no local do acidente, então já acionamos todo o corpo clínico da Urgência e a equipe de Enfermagem. Infelizmente vieram só cinco vítimas. Acontece um problema crônico aqui na Santa Casa em relação a questão das vagas, já que todos solicitam vagas de transferência para cá, vagas para a Enfermaria e para a UTI e geralmente a gente só aceita os pacientes quando temos essas vagas de enfermaria e UTI justamente para manter o Pronto Socorro liberado para esses casos e foi isso que aconteceu”, relata Dra. Cibele.

Doação de Sangue

A Dra. Cibele destaca ainda a importância da doação de sangue em um momento como esse. “A doação de sangue é essencial todos os dias. A gente tem cirurgias aqui na Santa Casa, a Santa Casa é uma referência da nossa região. E nesse caso do acidente, das cinco vítimas, quatro precisavam de sangue de imediato, passaram por cirurgias. Semana passada mesmo, a gente estava no Hemocentro, fazendo um apelo para que as pessoas doassem sangue, já que o frio espantou os doadores e o sangue é especial para a recuperação desses pacientes”, finaliza Dra. Cibele.

Estado das vítimas

Até o final da tarde desta terça-feira, 24, quando foi escrita essa reportagem, quatro das cinco vítimas continuavam no Hospital inspirando cuidados. O caso mais grave é de KKR, de 32 anos. já a criança, DARG, de 9 anos, continua sob cuidados na CTI Pediátrica. JRSM, de 24 anos e PRAP, de 19 anos, continuam internados na Ala C. WAA, de 28 anos, teve alta no final da tarde desta segunda, 23.