Portal de Notícias e Web Rádio 

A Prefeitura, através da secretaria de Turismo, realizou nesta sexta-feira(02), o serviço de limpeza do monumento histórico Minas ao Brasil. O Obelisco de pedra, montado em base quadrangular, encimado por um homem nu, em bronze, de braços abertos, simbolizando o estado de Minas Gerais oferecendo ao povo brasileiro os benefícios da Estação Balneária adaptada às exigências do conforto moderno.

A lavagem a água e sabão neutro foi feita no monumento que inicialmente ficava na Praça Getúlio Vargas, mas, em 1948, foi transferido para o centro da cidade.

A ação visa a retirada de sujeira e oxidação e é uma ação experimental com autorização Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Artístico, Cultural e Turístico de Poços de Caldas (CONDEPHACT-PC).

Segundo a turismóloga, Carolina Caponi, apesar de não conseguir remover completamente as manchas, a lavagem contribuiu para uma aparente melhora das peças. “Optamos por começar esse trabalho experimental em uma das principais praças de Poços, ainda mais nessa época do ano que é muito movimentada e está toda enfeitada para o Natal.”

A secretaria de Turismo, que acompanha o trabalho, ainda vai realizar um estudo para fazer um levantamento para que todos os monumentos sejam limpos e restaurados.

Monumento Minas ao Brasil

O Monumento Minas ao Brasil, feito por Giulio Starace fica localizado na Praça Doutor Pedro Sanches, localizada no Centro da cidade.

No alto do obelisco estão esculpidas estrelas nas quatro faces da pedra, e no centro de cada uma há uma lâmpada ladeada por dois martelos, que representam as minas. Sobre cada estrela, uma faixa com os dizeres “Libertas Quae SeraTamen”; abaixo, a inscrição “Estado de Minas Geraes”.

Na parte frontal do Monumento está representado o altruísmo, em bronze, por um médico socorrendo a humanidade. Sob esse conjunto, a inscrição “O Estado de Minas Ao Brasil MCMXXIX” (1929).

Duas das laterais têm, entalhadas na pedra, bustos de mulheres segurando cântaros, dos quais “vertem” as águas medicinais. Frisos verticais em toda a volta da base representam as nascentes hidrominerais de Poços de Caldas.

O Monumento homenageia, ainda, José Bento da Cunha Figueiredo, presidente da Província de Minas Gerais em 1862; e o Antônio Carlos Ribeiro de Andrada, presidente de Minas Gerais no final da década de 1920, que mandou construir o Conjunto Arquitetônico e Paisagístico do Parque José Affonso Junqueira.

Sua beleza e imponência deixam a Praça ainda mais bonita e encantadora. E, é um dos pontos favoritos de quem passa por Poços de Caldas.