Limpeza dos rios

Como entramos no período das chuvas, uma das preocupações do vereador Alvaro Cagnani está na falta de limpeza e assoreamento dos ribeirões, Poços de Caldas, da Serra e de Caldas, que cortam a cidade e apresentam estreitamento das calhas, podendo transbordar em caso de uma chuva mais forte e duradoura.

O vereador apresentou requerimento na reunião de terça-feira, que foi aprovado em plenário e encaminhado ao chefe do executivo com o alerta.

 

Conselho tutelar

Atendendo a convite formulado pelos vereadores Carlos Roberto de Oliveira Costa, Gustavo Bonafé, Maria Cecilia Opipari e Ricardo Sabino, a secretária de Promoção Social, Luzia Teixeira e a presidente do Conselho da Criança e do Adolescente, Ivana Lamberti Santos Mantovani, deverão comparecer a uma das próximas sessões do legislativo para explicar denúncias que estão sendo formuladas sobre possíveis irregularidades na eleição para a escolha dos novos membros do Conselho Tutelar.

 

A ordem é faturar

Se é verdade que o município anda sem dinheiro e querendo faturar uma grana extra com as infrações de trânsito, não é menos verdade que o Estado, que está na mesma pindaíba, e tem como governador o empresário Romeu Zema faz o mesmo, intensificando a fiscalização no trânsito para punir quem está com o IPVA e as taxas de licenciamento e seguro em atraso.

Desde o último domingo, o porte obrigatório do Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos (CRLV) de 2019 está sendo cobrado para todos os finais de placas, em Minas. Para quem tem os registros terminados com algarismos de 1 a 5, o documento já era obrigatório desde 1º de agosto e, em 1º de setembro, foram abrangidos na regra os finais 6, 7, 8, 9 e 0.

Vale lembrar que, além de ter o automóvel retido, o proprietário é punido com multa de R$ 293,47 e com a perda de sete pontos na carteira de habilitação, por infração gravíssima.

Fechar Menu