Líder em rejeição

Depois de oito meses de governo Bolsonaro, os brasileiros consideram-no “ruim” ou “péssimo” em 38%. É mais que seus antecessores, no mesmo período, FHC com 15%, Lula com 10% e Dilma com 11%. Até Fernando Collor, depois do confisco da poupança, tinha menos: 30%. E nem chegava perto da impopularidade do Capitão.

Fechar Menu