A Câmara de Poços realizou, na última semana, o lançamento virtual do Parlamento Jovem 2021. Alunos de 12 municípios que integram o Polo Sudoeste participaram do evento, que foi marcado, ainda, pela realização da oficina de formação política “A importância da educação para cidadania”. O tema foi apresentado pelo coordenador do PJ de Guaxupé Pedro Alves.

Neste ano, oito escolas de Poços participam do projeto, que tem como tema “Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável”. Ao todo, foram disponibilizadas 40 vagas para alunos de ensino médio das escolas que fizeram inscrição para o PJ: Escola Profissional Dom Bosco, Escola Estadual Dr. Edmundo Gouvêa Cardillo, IFSULDEMINAS – campus Poços de Caldas, Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio, Colégio Nini Mourão, Colégio CEPOC, Escola Estadual Professora Cleusa LovatoCaliari e Colégio Objetivo.

Pedro Alves ressalta que a primeira oficina foi muito importante para a ambientação dos estudantes. “Espero que eles tenham aproveitado o conteúdo do nosso encontro. Sei que a interação online, apesar de estar se tornando habitual devido as atuais circunstâncias, não é a ideal, especialmente para a faixa etária do PJ. Mesmo assim, estou muito satisfeito com a quantidade de inscrições do Polo e otimista de que nos reuniremos presencialmente ainda esse ano”, ressalta.

Juliano de Oliveira, aluno do IFSULDEMINAS, fala da sua expectativa com relação a esta edição. “Sou um dos alunos que se inscreveram para participar do PJ. Já participei de outros projetos da Câmara Municipal e espero ampliar meus conhecimentos sobre política de uma forma simples e divertida. Só pela primeira reunião, tenho certeza que tudo que vamos aprender vai me ajudar a ser mais participativo na política, construindo cada vez mais um pais melhor”, afirma.

O presidente da Câmara de Poços, vereador Marcelo Heitor (PSC), destaca que a Escola do Legislativo de Poços fez uma mobilização junto a outros municípios para divulgar o Parlamento Jovem. “Neste ano, Poços de Caldas se tornou polo regional e tem fomentado junto aos municípios, junto aos jovens, essa educação política. Este ano, devido à pandemia, boa parte deste trabalho vai ser de forma remota e em um momento oportuno teremos também as nossas atividades aqui presenciais. A Câmara Municipal acredita que a formação política, colocando discussões pertinentes à nossa sociedade, é importante para que esses jovens, amanhã ou depois, também possam estar ocupando cargos políticos, cooperando com a nossa sociedade que é objetivo principal de todos nós aqui”, pontua.

As atividades do PJ serão no formato online e já estão previstas outras oficinas de formação política. Na quinta-feira (15), às 14h, será discutido o tema Constituição Federal e os Direitos Fundamentais, com a coordenadora regional do projeto e diretora da Escola do Legislativo de Poços Tais Ferreira.

Polo Sudoeste

Neste ano, Poços de Caldas passou a ser sede regional do Polo Sudoeste, que agora é composto pelas cidades de Albertina, Alpinópolis, Botelhos, Cabo Verde, Caldas, Campestre, Carmo do Rio Claro, Guaranésia, Guaxupé, Itaú de Minas, Juruaia, Muzambinho e Passos. Desde o início do mês de março, a coordenação municipal do projeto tem participado de reuniões com as demais cidades para definir detalhes, inclusive com relação a encontros remotos.

O Parlamento Jovem de Minas é um projeto de formação política e educação legislativa, desenvolvido pela Assembleia Legislativa de Minas Gerais e PUC Minas, em parceria com Câmaras Municipais. Além de despertar nos jovens o interesse pelo exercício da democracia, o programa possibilita o conhecimento do processo legislativo, bem como a vivência em situações de debates e exposição de opiniões. A Câmara de Poços participa do projeto desde 2009.