O ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Simonetti Marinho, que participou da entrega simbólica dos apartamentos do Sonho Dourado I, na manhã de ontem, em Poços, afirmou que a intenção do governo federal é ampliar os investimentos na construção de moradias populares em todo o país.

“Reduzimos as taxas de juros e permitimos com que populações que historicamente estavam fora deste escopo pudessem se habilitar aos planos habitacionais. A legislação define que você só pode comprometer até 30% de sua renda familiar com a prestação habitacional e com estas mudanças você tem uma taxa de 4,5% para o país como um todo e 20% e 25% para o norte e nordeste”, informou o ministro. Segundo ele, há problemas fiscais sérios de falta de disponibilização orçamentária dentro das necessidades que o Brasil dispõe e que o governo está buscando, com criatividade, criar alternativas para combater o déficit habitacional.