Os pastores Ezequiel Gonçalves Inácio e Paulo Pereira do Lago, da Igreja Metodista de Poços de Caldas, estiveram na última quinta, 01, na Santa Casa de Poços para a doação de 10 colchões pneumáticos, sendo dois para pacientes de até 180kg.

Essa doação é  de fundamental importância para o Hospital, já que esse tipo de colchão ajuda muito em casos de enfermos que ficam deitados muito tempo na mesma posição, como é o caso do paciente de covid.

“Esse colchão insuflável vai prevenir escaras em pacientes que ficam deitados longos períodos em uma posição só. O paciente de covid, por exemplo, não consegue ser mobilizado com tanta facilidade quanto qualquer outro paciente, às vezes ele fica 12 horas em uma posição só. Isso facilita muito a úlcera de pressão, que seria o atrito em cima da cama, o que pode fazer uma ferida e essa ferida pode necrosar e fazer escaras. A gente tem tido um aumento grande dessas escaras que, às vezes, tomam dimensões enormes e depois é necessário fazer um tratamento cirúrgico que demora meses para fechar. Por isso, a prevenção é a melhor situação e para essa prevenção o elemento principal são esses colchões”, explica o diretor técnico da Santa Casa, Dr. Alberto Volponi.

O Dr. Alberto Volponi destaca ainda que essa doação vai fazer uma diferença porque vai cobrir uma UTI inteira. “São 10 equipamentos, sendo que, inclusive, eles conseguiram com muita dificuldade dois equipamentos para obesos, que toleram pacientes de até 180 kg e a gente não tinha isso aqui. Eles foram buscar em outro estado. Vai fazer uma diferença muito grande e agradecemos muito a iniciativa da Igreja Metodista no sentido de colaborar. É realmente de grande benefício para a instituição”, completa o diretor técnico da Santa Casa.

Mobilização

O pastor Ezequiel revela que essa doação foi fruto da iniciativa de ajudar um membro da igreja e acabou se transformando em algo que contribuiu com toda a comunidade.

“A ideia surgiu a partir de um membro da igreja com obesidade mórbida em que a igreja se mobilizou para oferecer um melhor conforto para esse paciente. Nós percebemos que nenhum hospital que trata covid tinha um colchão pneumático que pudesse acolher um obeso. Então, a igreja mobilizou não apenas para o paciente que era da igreja, mas a gente pode entregar aqui dois colchões pneumáticos para até 180 kg e mais oito colchões para até 130 kg. Dessa forma, a igreja se mobilizou e a gente entende que não é só papel dos governos Federal, Estadual e Municipal, nós entendemos que a sociedade civil pode se mobilizar e cooperar. Nós estamos muito felizes por isso”, conta o pastor.