Portal de Notícias e Web Rádio – CNPJ 44.219.101/0001-23

Para o assessor do deputado estadual Mauro Tramonte, Demilton Vacarelli, o município ter assumido o Monotrilho “é um absurdo” porque se trata de um empreendimento particular que não deu certo e a prefeitura não deveria ter assumido um compromisso que não era de sua responsabilidade. Para Vacarelli se a empresa não concluiu o projeto teria que pelo menos desmontar o equipamento e restaurar o paisagismo das avenidas por onde passa a estrutura de concreto. “Acho que o Monotrilho andou de 2 a 3 vezes e hoje está totalmente sucateado e muito perigoso, porque não tem manutenção, não existe um laudo técnico que aponte que não existe perigoso dele cair, principalmente se levar em conta que o Monotrilho o risco de a estrutura vir abaixo. Foi um enorme erra a prefeitura ter assumido o empreendimento”, disse.